segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

A minha aventura com desventuras em série


Esse é o relato sobre uma aventura de uma desventura. 

Desventuras em série foi lançada no netflix. Resolvi assistir. Lembrei dos livros e vi que alguém tinha dito alguma coisa sobre spoilers. Então, cheguei a conclusão que seria melhor reler primeiro. E foi o que fiz. Reli o primeiro livro e me aventurei até o quinto, que ainda não tinha lido. E amei! Nosso querido autor sob pseudônimo de Lemony Snicket escreve para todos os públicos. Mas como pode uma única narrativa ser vista sob tantos pontos de vista diferentes?! É porque o livro pode ser lido apenas como forma de entretenimento — o que, se você não é mais tão jovem, pode tornar-se um pouco cansativo, uma vez que as aventuras são repetitivas — ou uma leitura crítica. O autor faz várias críticas a sociedade e é extremamente irônico e marketeiro. 
Ele diz que é um livro ruim e que você não precisa ler se preferir algo mais leve. Ele usa a mesma sacada que Machado de Assis em um de seus livros. E me choca saber que muitos não entenderam essa irônia.
Além disso, são feitas muitas críticas. Em muitas partes, a narrativa se torna um tanto quanto irreal, principalmente quando se trata da bebê Baudelaire, a Sunny. Ela faz várias coisas impossíveis para um bebê, mas é preciso analisar pelo outro lado. Aquele que critica o trabalho escravo, como em Serraria Baixo-Astral, o bullying em Colégio interno e claro, os inúmeros problemas no sistema de adoção desde o primeiro livro, Mau Começo.
É claro que me apeguei a cada Baudelaire, principalmente à Violet. Ah, como eu amo essa menina! E aí entra a minha saga com a série.
Assisti apenas ao primeiro capítulo e me deparei com uma cena ao final que talvez seja um spoiler, o que terminou de me decepcionar. Mas, desde o início, achei parado, meio chato por causa das interrupções do narrador a ainda só o Conde Olaf era como eu imaginava. Aí resolvi parar por ali mesmo, mas fui convencida a continuar. Então logo que terminar a primeira temporada, venho contar-lhes o final desa trágica desventura sobre as desventuras.
Ah, o filme eu não vi ainda. Mas pretendo fazer assim que terminar de ler todos os livros!

Nenhum comentário:

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo