quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Arquivos serial killers: Louco ou cruel? - Ilana Casoy

Editora: Darkside books
Ano: 2014
ISBN:  9788566636307
Páginas: 353
Nota: 5/5

Louco ou Cruel? Normal? Insano?

Você tem medo de espíritos? É, com razão. Mas já parou pra pensar que pode ter alguém bem humano te esperando em algum lugar? Não, a intenção não é deixar você, leitor infinito, com medo ou desesperado achando que alguém está aí. Apenas quero começar essa resenha com a frase tão conhecida: "Humanos me assombram." É isso, as vezes, seres-humanos podem ser bem assustadores e, por incrível que pareça, mentalmente sãos. Eles também atendem por serial killers.

"A garotinha gritou, chutou e arranhou se agressor sem sucesso, enquanto ele arrancava suas roupas e a asfixiava. Não teve a menor chance; o velhinho não era tão fraco quanto aparentava."

Esse livro conseguiu retratar muito bem a realidade dos assassinos em série. Sempre fui fascinada por entender como a mente humana funciona e uma das minhas maiores surpresas foi descobrir que o cérebro e a mente da maioria deles é igual a de um ser-humano normal.


Então o que os faz diferente? Os atos extremamente violentos, sádicos e canibalísticos? Os abusos sofridos na infância? Ilana nos traz diversas informações sobre eles e sua personalidade logo no início do livro, explicando como eles pensam e a forma de agir e ainda divide em dois grupos: organizados e desorganizados. Depois vem os casos, são 16 deles. Um deles nunca foi resolvido. 

"As coisas começaram por volta dos meus 14, 15 anos. Começaram com pensamentos obsessivos sobre violência, sexo e morte. E a partir daí ficaram cada vez piores." - Jeffrey Lionel Dahmer

Minha parte preferida foi esse início, onde tudo é explicado. É claro que também gostei de ler os casos e ver como toda aquela outra parte se encaixava. Mas confesso que fiquei um tanto quanto aflita de saber cada detalhe, não é um livro para quem procura uma leitura psicológica mais leve, pelo contrário. Há coisas um tanto quanto pesadas ali - e frases que vão te deixar bem acordado. Não é um livro que da medo, mas te faz pensar duas vezes antes de confiar em alguém. Deu pra entender?!

"O perfil do criminoso, feito por um psicólogo, psiquiatra ou médico-legista, pode ajudar bastante a polícia a encontrar e identificar o assassino."

A resenha vai ficar um pouquinho curta mesmo, pois não há muito o que dizer. Vou deixar que você leia e conheça sozinho cada serial killer e a investigação de cada caso. Mas já adianto, vamos desde estupradores até homens que gostam de fazer roupas e móveis com a pele de suas vítimas - serviu de inspiração para Hithcock. Portanto, prepare o estômago. 

"Eu fiz a minha fantasia de vida mais poderosa do que a minha vida real." - Jeffrey Dahmer

Em suma, é um ótimo livro para quem gosta dessa área da psicologia humana, mas também para quem gosta de coisas densas, pesadas. Se você procura uma leitura leve ou acha que isso mexeria com sua cabeça, melhor não ler agora. É um livro bastante interessante.

2 comentários:

  1. Tô maluca por esse livro faz um tempo.
    Esse ano não poderei comprar, por conta de um projeto meu, mas quem sabe não rola um presente de alguém?! hehehehehe

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cami!!
      Então, é um livro muito inteligente mesmoo! Faz uma lista de presentes no seu aniversário como quem não quer nada! hahaha
      Beijoos
      Bia <3

      Excluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo