sábado, 28 de novembro de 2015

#MeuAmigoSecreto

Nos últimos dias o facebook está sendo movimentado com o uso da hastag #meuamigosecreto. Mas o que é isso? Bom, na época de fim de ano, é comum a organização de amigos secretos com seu grupo para trocar presentes e dar risadas ao tentar adivinhar quem é o amigo secreto do outro. No facebook, porém, a ideia tornou-se algo ainda maior. As pessoas usam a tag para falar sobre algum amigo que tem algum tipo de preconceito. Seja em relação a ser machista, ter preconceito com livros nacionais, entre outras coisas. Alguns são até para aqueles que se dizem não usar rótulos, mas usá-los na prática. Adorei essa atitude, há muito o que refletir em uma sociedade e isso fez com que o facebook deixasse de ser, pelo menos um pouco, apenas uma ferramenta de mero entretenimento.
Estou aqui para deixar um recado para todos os amigos secretos que existem por aí.
Não seja superficial. Não seja hipócrita. Ok, eu sei que é difícil, talvez todo mundo tenha um pouquinho de hipocrisia. Mas tente diminuí-la ao máximo. A sociedade é cheia de rótulos sim, mas não é porque ela impõe um padrão de beleza que você deve excluir uma garota por ela ser mais cheinha. Você ama livros nacionais, certo? Mas diz que todos eles devem necessariamente acontecer no Brasil. Melhore. Pense, reflita. Fulano é bissexual porque é indeciso. Aprenda que pessoas gostam de pessoas.
Aprenda. Entenda. Pare. Pense. Melhore.
Você não é melhor que fulano ou ciclano simplesmente por ter mais dinheiro, livros, seguidores ou o que quer que seja. Aprenda a medir suas palavras pois elas podem ferir alguém. Aprenda a não encher seu facebook de textos bonitos e ser medíocre do outro lado da tela. Entenda que o coração de alguém não se ganha com agressão. A violência pode prender alguém, mas o sentimento será o ódio, a raiva, a angústia. Pare, antes de insultar alguém simplesmente por sua aparência. Pense antes de dizer que o problema da água no Brasil é mais importante que o problema dos ataques terroristas na França. Alguém não se importa menos com o Brasil ou com o mundo por comentar sobre um ou outro. Suas palavras podem ser bonitas, mas melhore nas atitudes.
Cuidado com aquele que está ao seu lado, cuidado com aquele que escreve um texto para você. É, esse alguém pode ter aprendido a se amar. Esse alguém pode ter sido muito influenciado pelas suas atitudes. Você pode ser o trauma desse alguém. Cuidado.
Aprenda. Entenda. Pare. Pense. Melhore. E tome cuidado. Tome muito cuidado.
Aos nossos amigos secretos.

Nenhum comentário:

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo