segunda-feira, 27 de julho de 2015

Resenha: Eu te darei o sol - Jandy Nelson

Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
ISBN: 9788581636467
Páginas: 384
Nota: 4.5/5

Você pode ser a metade de alguém e, ainda assim, permanecer inteiro.

Essa é uma história sobre amor, a maneira como o passado reflete no presente e como algumas mentiras podem sufocar a alma. Mas no final, nos ensina como o amor e a amizade podem vencer o jogo. Nos mostra que você não precisa ser a metade de alguém o tempo inteiro, vocês pode ser uma metade - e ter uma outra - ainda que seja inteiro.
Noah e Jude são irmãos gêmeos muito grudados, até que o ciumes, a inveja, os segredos, começam a afasta-los aos poucos. Tudo começa com uma faculdade de arte, um tabuleiro ouija, e pais nada imparciais.

"Saio em disparada para dentro do bosque como alguém cujo coração não está abalado, os olhos não estão marejados, alguém que não se sente tão renovado como um ser humano."

O livro é dividido basicamente em duas partes, os capítulos narrados por Noah - quando eles tem por volta de 13 anos - e aqueles narrados por Jude - com 16 anos. Essa com certeza é a minha parte preferida do livro, poder saber do passado e quais foram suas consequências no presente. Além de, claro, ver um pouco da visão de cada um.

"Porque todos nós estamos quebrados. Quero dizer, não estamos? Eu estou. O mundo inteiro está. Tentamos fazer o nosso melhor e é isso o que acontece, repetidamente."

Logo nas primeiras páginas, há uma crise de Noah e a presença do bullying - isso não é spoiler. Jude também vive um grande dilema, e só descobrimos o maior deles ao fim do livro. Digamos que ambos se apaixonam pelas pessoas erradas, digamos que tudo começa pisando com o pé esquerdo. Os dois estão perdidos em uma estrada e aparentam não querer se encontrar - pelo menos no início.
É muito difícil comentar sobre esse livro sem dar spoiler, pois ele é basicamente um ninho para um, então esse é o motivo pelo qual essa resenha está menos detalhista que o normal.

"Porque a pior coisa que podia ter acontecido a Noah aconteceu. Ele se tornou uma pessoa normal. Ele tem todos os parafusos no lugar."

Quanto a personagem preferido... fiquei apaixonada pelo Noah desde o primeiro capítulo, sofri com ele, senti o que ele sentia e me identifiquei bastante quanto a intensidade de seus sentimentos. Jude também é incrível, mas acho que não teve aquela conexão tão grande quanto com Noah. Além dos dois, amo Oscar - que vocês descobriram quem é quando lerem.
Há dois romances no livro - os principais - que foram extremamente bem desenvolvidos. Eu não costumo surtar com romances assim, não gosto de livros de romance, mas Eu te darei o sol me fez surtar a cada momento pedindo por mais e para que tudo desse certo.

"A ferramenta ganha vida. Meu corpo todo vibra com a eletricidade enquanto divido a pedra em duas partes.
Para que NoaheJude se torne Noah e Jude."

Sobre o título, é o motivo mais criativo que eu já li. Não posso contar o porquê, mas vocês saberão quando lerem e aí podem vir aqui surtar comigo!! haha


Não é o melhor livro do ano, mas com certeza é um dos livros mais sensíveis que já li. A escrita de Jandy Nelson é como um barco a vela, que te leva a velejar por aí seguindo o vento, as vezes mais rápido, as vezes mais lento, podendo até perder a vela. Leiam, se conectem, torçam por eles e aprendam como eu aprendi em meio a uma bíblia nada convencional, auto-retratos, o mistério do Ralph, uma faculdade de arte, dilemas, pais nada imparciais, mentiras, bullying e, acima de tudo, amor.

8 comentários:

  1. Preciso desse livro urgente,
    quero muito ler ele
    e acredito que vou amar

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Ótimo saber do desenvolvimento da obra. Quando os personagens não são bem desenvolvidos, o livro fica a desejar. Gostei de saber sua opinião. Adoro livros sensíveis, e que acrescentam algo. Ótima resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Essa é uma das minhas próximas leituras e fico contente de saber que tenha gostado. Muito curiosa e ansiosa para conhecer a história de Noah e Jude. Espero que me agrade tanto quanto lhe agradou!
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  4. Eu achei a premissa do livro muito bacana e apesar de não ser o meu gênero favorito, eu fiquei realmente interessada! Adorei a resenha.

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olha eu tenho que confessar que gostei bastante de tudo que você falou da história, mas eu ainda não tive a oportunidade de fazer a leitura, pois estou com um pouco sem tempo, mas espero poder ler assim que puder, pois algumas pessoas tem falado bem. Mas eu ainda não sei o que esperar e não vou com muita expectativa para não me decepcionar, mas uma coisa é certa, eu amei a arte da capa. Eles capricharam viu?! Mas enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-sombra-de-um-anjo.html

    ResponderExcluir
  6. Ah, esse livro é tão lindo <3 Tenho lido ótimas resenhas sobre ele. A história parece ser bem leve e rápida de ler, amei sua resenha. Beijos, Érika

    *www.queroseralice.com.br*

    ResponderExcluir
  7. Oiiie
    Eu amei sua resenha. Saber que o livro é sensível me agrada muito.
    E fiquei muito curiosa para saber o porque desse titulo ser esse kkkk
    Amei sua resenha e realmente fiquei ainda mais curiosa para ler o livro do que antes.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Quero ler este livro.
    Se quiser me contar o significado do título não me importo, rs.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo