sexta-feira, 8 de maio de 2015

Como comecei a ler


Hey, bookaholics!!
Esse post é bem especial, vim contar pra vocês um pouquinho da minha história como leitora. 
Não sei exatamente quando comecei a gostar tanto de ler, mas desde pequena me encanto com as histórias. Ontem mesmo, falando sobre Iluminismo, minha professora nos contou a história real da chapeuzinho-vermelho, isso me fez refletir sobre a infância e sobre a vida. E só pra constar, que historinha creepy, o que seriam das crianças?!
Enfim, quando estava lá nas primeiras séries, vivia na biblioteca, adorava as horas de leitura, se não me engano, meus livros preferidos eram os escritos pelo Ziraldo. Sabe quando vem flashes de foto dos livros na sua cabeça, mas eles não são muito claros?! As vezes leio sobre alguns livros e me vem um estalo "eu já li esse!". Então quando era menor costumava ler bastante.
Até que chegaram os clássicos obrigatórios e eu ficava tipo "sério que tenho que ler essa coisa chata?!" hoje sei que é um grande preconceito, porque tem clássicos muito bons - como o Machado de Assis, meu escritor clássico preferido - outros, ainda continuo não gostando. Tenho que ler Viagens na minha terra e simplesmente não consigo, tentei, tentei, mas não vai.
Enfim, talvez por esse motivo e mais alguns, fiquei um booom tempo sem ler. Até que apareceu Garotas de Vidro  na minha vida. E não, eu não o devorei. Demorei mais de um mês pra ler, porque eu não estava mais tão acostumada, além de ser um livro pesado que precisa ser digerido. Depois, li Sociedade Secreta e fui cada vez mais me apaixonando novamente. Até que um dia não consegui parar mais e hoje fico quase doente quando fico uma semana sem ler - Ok, doente é exagero, mas causa abstinência.

Depois de contar um pouquinho dessa trajetória pra vocês, vou falar um pouco sobre livros que me acompanharam durante a infância/pré-adolescência. Gosto de folheá-los até hoje e pretendo parar pra ler de novo.



Acho que todo mundo já passou por aquela fase "quero ser mágico" "quero fazer mágicas". Eu estava bem apaixonada por isso tudo e queria que queria fazer todas. Se não me engano, ganhei esse livro de aniversário e de todas elas, fiz só umas cinco, pois é haha. Mas quem sabe um dia não tiro da estante e vou praticar algumas mágicas?! O mais legal é que explica super bem e é todo colorido, bonitinho, adoro!!



Da mágica ao teatro. Esse, por sua vez, é um livro que ganhei da minha tia e me acompanha até hoje. Vocês devem saber que sou atriz e apaixonada por teatro - a mesma tia me deu um livro com obra completa do Shakespeare e eu dei uma pequena surtada do tipo "tenho uma relíquia em minhas mãos". Pra falar a verdade, nunca li esse de Bertold Bretch completo, só algumas partes. Mas pretendo fazê-lo quando tiver algum tempo. (Preciso dizer que estou morrendo de saudades do teatro, tive que parar esse ano por conta do vestibular, mas a abstinência ta me matando).



Esse livro é muuuito especial pra mim. Tem várias histórias infantis, inclusive Peter Pan. Não sei exatamente quando ganhei, não lembro se cheguei a lê-lo. Só sei que sinto um carinho enorme por ele - por mais despedaçado e sujo que esteja. É uma daquelas relíquias que a gente guarda pra sempre, sabe?!





Esse me acompanha até hoje. Quero parar e ler um conto logo. Esse livro é bem legal e por mais antigo que seja, tem coisas que valem até hoje e me interessam ainda. Por exemplo essa última foto, quem diria que aí teria minhas coisas de química que eu estou aprendendo?! Super amo, super recomendo - embora não saiba se ainda existe pra vender. Tem mais alguns volumes aqui em casa, quero fuçar tudooo!! haha

Então basicamente essa é a minha história como leitora. Tem livros que a gente nunca esquece, não é?! Outros que não lembramos o nome, mas nos marcaram mesmo assim. Alguns que a gente leva com a gente. Outros que sumiram, mas não importa, porque mesmo assim estão guardados. Enfim, acho que cada livro nos marca de um jeito, em cada fase da vida.
Assim como esses me marcaram na infância e juventude e fazem parte até hoje. Livros atuais como Proibido continuam deixando marcas em minha pele. Cicatrizes que vão ficar pra sempre, cicatrizes das quais me orgulho.
Gostaram do post?! Me contem um pouquinho sobre a história de vocês como leitores :D

2 comentários:

  1. Olha não é só você, mas todos já tiveram que passar pelas leituras chatas, principalmente aqueles da escola que éramos obrigados a ler para poder fazer prova. Eu sinceramente peguei até trauma de autores nacionais e a partir dai nunca havia lido nada, até que fiz meu blog e pude conhecer outros autores nacionais com livros que fazem meu gênero hahahahaahah

    Mas tipo, acho que um dos livros mais especiais que marcaram a minha vida mesmo foi HARRY POTTER, porque foi um dos primeiros que me deu o ponta pé inicial para ler mesmo sabe? Eu lia, mas nem tanto como eu leio hoje, mas eu sinceramente amei e agora quero até começar a reler a série novamente porque tenho saudades hahaahah

    Adorei a sua postagem viu? Ficou muito bacana.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-boa-noite-estranho.html

    ResponderExcluir
  2. Oie Beatriz! :D
    Minha estória com os livros começaram quando era pequena, meus pais constumavam me contar histórias infantis fazendo alterações no enredo para se encaixar na nossa realidade, por exemplo: Cinderela, onde a minha Mãe era a moça que havia perdido o sapato! <3 Era magico escutar ela e o meu pai descrevendo as cenas!!! Eu adorava! Faziam isso toda noite antes de eu dormir! :D
    E dessa forma fui crescendo encantado por história que tivesse algo mágico ou heroico, e quando completei 10 anos em um projeto de leitura na escola comecei a ler livros com mais de 100 páginas! Me joguei na leitura, criei coragem de ler livros com mais páginas do que estava acostumada. kkkkk :D

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo