sexta-feira, 13 de março de 2015

Resenha: A bailarina Fantasma - Socorro Acioli

Editora: Biruta
Ano: 2013
ISBN: 9788578480400
Páginas: 182

A bailarina fantasma tem uma história pra contar.

O Theatro José de Alencar é um lugar mágico, que contém a magia dos espetáculos, o canto daqueles que se expressam, os mais diferentes sentimentos. Uma bailarina de vestido azul rodopia por lá, relembrando todos os momentos vividos sem poder ir embora. Anabela vai ao teatro junto com sua amiga, Luciana, pois isso acaba se tornando rotina, já que o pai de Ana, Marcelo, conseguiu um emprego e irá fazer parte da grande reforma. Mas algo estranho acontece, a menina vê uma bailarina no palco que não dança igual as outras. Rodopiando. Girando. E um vento gelado sopra. Ela conhece a bailarina fantasma.
Estava bastante ansiosa para ler esse livro. Ele faz parte de um book tour organizado pela editora Biruta/Gaivota. Fiquei super feliz quando chegou e fui pega de surpresa. Veio com um kit muito bonitinho!
A história basicamente gira em torno de Anabela e da bailarina fantasma, embora o background do teatro, os locais pelos quais a história se passa, seja muito importante também. Adorei a premissa do teatro, pois nunca tinha lido algo assim antes, ainda mais sendo nacional. A narrativa é como um suco de maracujá, mesmo, sabe? A imensidão do céu azul. Traz paz e acalma.


Essa calma é uma coisa boa para relaxar, mas o livro, apesar de ser muito legal, leve, não traz nenhuma reviravolta ou suspense que te faça não querer largar mais. A história não tem um início, meio e fim, é mais algo que vai sendo contado, narrado, de maneira um pouco mais informal.
Gostei bastante da divisão dos capítulos, as vezes em terceira pessoa, as vezes narrado pela protagonista, pela amiga ou até a bailarina fantasma.

" - Você está aqui há muito tempo?
- Há mais de setenta anos."

O clímax do livro com certeza é a história da bailarina e os motivos por ela ficar ali rondando, achei muito bonito, mas ao mesmo tempo um pouco superficial. 
Os personagens são todos lindos, quase perfeitos. Anabela tem olhos verdes e todas essas características que protagonistas sempre tem. Isso é ok, já estou acostumada, mas não é muito melhor quando a personagem principal é uma pessoa relativamente normal?!

"Eles não falaram, mas perceberam em silêncio que as pessoas sempre ficam mais bonitas quando estão felizes."

Há algumas entrevistas no meio do livro, e a maneira como elas foram relatadas me agradou bastante. Também é muito legal ver a história de outra época, quando a bailarina ainda estava viva.
Nem preciso falar da diagramação, não é?! É extremamente bem trabalhada, enfeitada, colorida, cheia de vida!! Ah, o livro é dividido em três atos - como se fosse uma peça de teatro.

"Naquela ponte de ferro, que vai do teatro pro foiaê, eu vi a moça dançando. Era uma roupa azul, uma saia até o pé."

No final, fiquei dividida, gostei bastante do enredo, é uma leitura fluída, bem escrita, mas senti falta de algo que desse um sentido maior para toda aquela história. A premissa poderia ter sido mais desenvolvida. É um livro que recomendaria, mas não sairia correndo e gritando pra todo mundo ler.
PS: Ontem estava na biblioteca da escola estudando, olhei pra estante e reconheci a lombada do livro, e não é que era mesmo A bailarina fantasma? Descobri que será uma leitura do sexto ano (quinta série) e fiquei bem feliz! Sempre quis que livros mais puxados pra esse lado fossem recomendados para a leitura. Pena que ainda é só no fundamental, porque tem tanto livro que acho que os adolescentes deveriam ler, um deles é A lista negra. Mas enfim, depois disso, no snapchat minha amiga mandou uma foto do livro, dizendo que foi recomendada pela professora de literatura - que aliás, fez uma resenha no youtube. Não é que a bailarina fantasma veio me visitar? haha <3


9 comentários:

  1. Olha eu sinceramente tenho que confessar que pelo pouco que você falou da história do livro me chamou bastante atenção, porque fiquei curiosa pela bailarina fantasma. Sempre temos curiosidade quando os autores abordam temas de fantasmas e acho que isso deixa a história ainda mais interessante, porque você fica curiosa para saber o que aconteceu e o porque daquilo. Eu amei a sua resenha e sinceramente seria um livro que eu pegaria para ler sim, mas não por agora, porque estou sem din din, mas espero ter a oportunidade de aproveitar essa leitura. Parabéns, amei a sua resenha.
    Já estou te seguindo aqui tá ?

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-as-escolhas-de-nana.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda me avise quando tiver atualização aqui que passarei para retribuir, mas queria te convidar para ler a resenha nova no meu blog, porque o livro em questão é muitooooooooooo bom, espero que goste de mistério - http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-o-segredo-de-water-castle.html

      Excluir
    2. Oi, Silvana!
      É bem legal sim quando se trata de fantasmas, eu só não gosto quando fica algo muuuito fantasioso!! haha
      Obrigada e bem vinda :D
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Beatriz, tudo bem?
    Eu danço Ballet, então só vi o "bailarina" e vim correndo ver do que se tratava.
    Acho que nunca li um livro com variações de pronomes pessoais. E fiquei curioso.
    Apesar de você não ter morrido de amores pelo livro, vou acrescentá-lo na minha lista. Só o fato de ter um tema de Ballet, me deixou atiçado. <3
    Ainda não li A Lista Negra, mas não vejo a hora de lê-lo.

    Um beijão, e até mais!

    Juliano,
    www.diariodeumledor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliano! Sério? Que legal!!
      Aaah, leia sim!!
      E sobre A lista negra, deveria ser obrigatório lê-lo durante a vida, sério!!
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá,
    Eu li esse livro e amei, a autora escreve MUITO bem e essa edição é simplesmente incrível, linda demais <3. A Biruta sempre arrasa nos livros e essa autora é super talentosa.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês!!
      Realmente, é um livro muito bem escrito, fora que a diagramação é um amor né?!
      Beijos!!

      Excluir
  4. Eu ainda não li o livro, mas confesso que essa edição está perfeita.
    Legal que existem entrevistas no meio do livro, parece ser mega bacana.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é muito legal!
      Adorei as entrevistas e os diferentes pontos de vista, com certeza um diferencial!
      Beijos!

      Excluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo