terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Resenha: Garota interrompida - Susanna Kaysen

Editora: Única
ISBN: 9788573128628
Ano: 2013
Páginas: 190
Sanidade ou insanidade?!

Garota Interrompida não é um livro com uma história propriamente dita, mas é formado por alguns relatos alineares, indo e voltando no tempo. Susanna Kaysen, a autora, faz uma espécie de biografia, já que sabemos que a mesma realmente frequentou esse hospital para lunáticos - digamos assim. 
No livro conhecemos a mente de Susanna - tudo é narrado em primeira pessoa - e vemos sua visão de mundo e tudo o que aconteceu em sua vida. O internamento foi "voluntário", de modo que ela procurou ajuda por estar percebendo que algo estava errado, mas não foi necessário tanto tempo para o terapeuta manda-la para o manicômio.
Conhecemos Daisy, Georgina, Lisa, Polly, Cynthia - entre outras que tem uma breve passagem no hospital. Um pouco da história de cada uma é contada.

"Na verdade, eu só queria matar uma parte de mim: a parte que queria se matar, que me arrastava para o dilema do suicídio e transformava cada janela, cada utensílio de cozinha e cada estação de metrô no ensaio de uma tragédia."

Um fator que gosto muito no livro é - como diz Angelina Jolie - a honestidade brutal. Não há nenhum preparamento ou uma maneira mais controlada de se contar tudo o que acontecia. Susanna apenas narra, as coisas boas e ruins. É justamente isso que faz Garota Interrompida ganhar muitas estrelas. Outra coisa ótima é que não é um livro para se explicar, é difícil resenhá-lo porque tudo está entre as paginas. É preciso ler para saber o que ele tem a oferecer.
Alguns dos melhores capítulos são: FogoSuicídio e Ossos expostos.

"Quem observa não consegue saber se uma pessoa está calada e quieta porque sua vida interior estacionou ou porque sua vida interior é de uma atividade paralisante."

Mas há algumas coisas que me fizeram ficar decepcionada. O livro é muito pouco explorado, acredito que havia muio mais a ser escrito e relatado, muitas partes ficaram bem vagas. Por exemplo, ainda não consegui entender o motivo dela ter ido parar lá. Apesar de trazer a descrição da doença e alguns comentários, acredito que ficou um pouco complexo demais, Susanna deveria ter explicado tudo.
Por esses motivos, prefiro mil vezes o filme, muito mais explorado, menos vago e sem perder a honestidade brutal.


10 comentários:

  1. Hey!
    Eu quero muito ler esse livro por causa das resenhas positivas que já li sobre ele e o tema chama bastante a atenção!
    Eu não sabia que o livro tinha um filme, mas pretendo assistí-lo também após a leitura :)
    Gostei bastante da resenha!

    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Não conhecia o livro e acabei de me interessá-lo por ele, já que, gosto muito de livros que "jogam na cara" do leitor algumas verdades, mostram o que de fato acontece.
      Enfim parece ser bem legal já que há tantas críticas positivas!
      Resenha bem legal!

      Beijos,
      Luiz Henrique (Luke)
      instanteliteral.com

      Excluir
    2. de me interessar por ele* (credo, não escrevi isso, hahaha)

      Excluir
  3. Oii, adorei seu blog, estou seguindo, dá uma olhadinha no meu, se gostar segue tbm.
    Obrigada! bjuxx :*
    http://blogdadanielamachado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá! Gosto muito do filme e sou muito curiosa para ler o livro! Não sabia que era uma história real. Acho interessante o livro ser bem honesto e feito de relatos, por mais que sejam pouco explorados...
    Beijos e parabéns pelo blog, estou seguindo!

    Marina Cases,
    Precisamos Falar Sobre Livros

    ResponderExcluir
  5. Boa noite
    Cara esse deve ser muito bom... Curiosaaaaaa
    Vi seu blog em "Blogueira, Gurus e Seguidoras" vim conhecer e já amei..
    Estou seguindo vem conhecer o meu e se gostar segue também.
    http://dieinydicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha, deu muita vontade de ler o livro, parece ser bem interessante! Adorei o seu blog e já estou seguindo, beijos!

    http://marinasampaioblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie! Tudo bem?
    Só passei aqui para lhe informar que te indiquei em uma tag que fiz em meu blog!
    Confere aí: http://umbaixinhonoslivros.blogspot.com.br/2014/12/tag-12-liebster-award.html
    Espero que goste! Sucesso.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Hoje eu vim aqui no seu cantinho, desejar a você um Feliz ano novo, que o 2015 seja melhor que 2014. E que o nosso blogs, sempre cresça cada vez mais! Que Deus também esteja iluminando nosso caminhos, também.
    Acabei te indicando numa tag bem legal lá no blog, e vou ficar muito feliz saber a sua opinião em relação a tag viu! Um beijo.
    http://alemdaminhaestante.blogspot.com.br/2015/01/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo