sábado, 12 de abril de 2014

Quem é você, Alasca - John Green

Quem é você, Alasca? - John Green


Miles tem um hobbie: "colecionar" ultimas palavras, a sua preferida é "Saio em busca de um grande talvez", seu proposito principal ao decorrer da história. O garoto parte de sua cidade - em que não tinha amigos -para um internato chamado Culver Creek em busca deste grande talvez. Lá, conhece seus melhores amigos, incluindo Alasca, e logo é chamado de Gordo, ironicamente a seu aspecto físico, já que era muito magro.
"Quem é você, Alasca?" é o primeiro livro do conhecido autor John Green, com sua escrita marcada, ritmada, engraçada e cheia de metáforas, Green nos trás Alasca, uma garota extremamente misteriosa.
O livro fala bastante do universo adolescente, incluindo desde trotes no colégio (com os quais ri muito) até o primeiro contato com o "mundo sexual". O principal motivo pelo qual amei esse livro é o fato de este não ser apenas mais um romance clichê, e sim aventuras explorando vários lados da adolescência, e claro, uma das minhas personagens preferidas, Alasca Young.
O livro é divido em duas partes "antes" e "depois", e ao chegar no final da primeira parte, é impossível não parar apenas quando a ultima página for fechada.
Não posso contar mais pois seria spoiler mas não costumo gostar de livros "sem final", então foi uma surpresa amar tanto "Quem é você, Alasca?" já que o final é um mistério, assim como a personagem principal, Alasca. Amei também o modo com que Miles lida com o acontecimento principal do livro (que você só vai descobrir lendo hahaha) e as palavras usadas por ele, que é o próprio narrador do romance.
Como já disse, Alasca Young entrou pra minha lista de personagens preferidas, e o primeiro romance de John Green se tornou meu segundo livro preferido do mesmo, sendo o primeiro "Cidades de papel"
PS: A única coisa que não gostei é que só achei a capa antiga - com a menina na capa - e eu queria a com as margaridas, mas...
Editora: WMF
Número de paginas: 240
Nota: 8,5

Nenhum comentário:

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo